• Assessoria Informativa

Gerente de contas do Bradesco não tem direito à jornada de 6h

Publicado em 6 de mar. de 2020


A Oitava Turma do Tribunal Superior do Trabalho excluiu da condenação imposta ao banco Bradesco o pagamento de indenização por danos morais a uma empregada rebaixada de cargo quase um mês após ser promovida. A mudança de cargo foi considerada ilegal por resultar em promoção horizontal e transposição de carreiras.


Na Sétima Turma, os ministros mantiveram a dispensa por justa causa aplicada pela Panorama Materiais de Construção, em Foz do Iguaçu (PR), a um motorista profissional que dirigia com a carteira nacional de habilitação suspensa. O profissional ficou sem o documento após ser flagrado dirigindo veículo particular depois de consumir álcool.


Fonte: Informativo do Tribunal Superior do Trabalho


Observação: Esta publicação tem caráter somente informativo.


#trabalho #direção #leiseca #motoristaprofissional #bancobradesco #gerentedebanco #niteroi

3 visualizações

 Contato: (21) 3477-0177 • ©Copyright Esteves Advocacia 2015. Todos os direitos reservados.

  • Facebook Clean
  • Twitter Clean
  • Google+ Clean
  • LinkedIn Clean