Suspeito de integrar milícia tem prisão decretada

14.03.2016

 

Notícia publicada pela Assessoria de Imprensa em 10/03/2016 20:07

 

O desembargador Flávio Marcelo de Azevedo Horta Fernandes, da 2ª Câmara Criminal do Tribunal de Justiça do Rio, decretou a prisão preventiva de Fernando Antônio Olímpio Marins.  Ele foi flagrado com armas de uso restrito e fardamento da Polícia Militar durante operação para capturar integrantes da milícia denominada “Liga da Justiça”.

 

O acusado foi denunciado pela posse e porte ilegal de arma de fogo e receptação.  Em sua casa, foram encontrados um fuzil, calibre 5.56, e três carregadores 09 milímetros municiados. Também foi apreendido um revólver, calibre 38, munições de calibres 5.56, 09 e 7.62 mm, três rádios transmissores, coldres, colete à prova de balas, mochila tática, bem como fardamentos e insígnias da PM. Além disso, foi encontrado um automóvel com numeração do chassi alterada.

 

Em sua decisão, o desembargador acolheu pedido de liminar em medida cautelar interposta pelo Ministério Público contra decisão da 37ª Vara Criminal da Capital, que havia revogado a prisão.

 

“No mérito, vislumbro a presença do periculum in mora e do fumus boni iuris. (...) Além disso, reputo demonstrado o risco concreto à Ordem Pública, diante dos sobejos indícios de envolvimento do denunciado com organização criminosa, conhecida por reiteradas práticas de crimes bárbaros que vêm atormentando a população do Rio de Janeiro”, escreveu o magistrado.

 

Processo 0009971-48.2016.8.19.0000

AB

Please reload

Destaques

I'm busy working on my blog posts. Watch this space!

Please reload

Recentes

21.09.2019

Please reload

Arquivo
Please reload

Busca por Tags