Advogados são dispensados do terno e gravata nas audiências do TJ do Rio

13.01.2016

 

Durante o período do verão, os advogados no exercício da profissão estão dispensados do uso do terno e gravata no Tribunal de Justiça do Estado do Rio de Janeiro (TJRJ), inclusive em audiências e no segundo grau de jurisdição. Com vigência até 20 de março, a medida é justificada pela “temperatura no verão do Rio de Janeiro que tem ultrapassado a casa dos 40 graus”.

 

O Ato Normativo Conjunto nº 01/2016, com a decisão, foi publicado na edição de hoje do Diário da Justiça Eletrônico, assinado pelo presidente do TJRJ, desembargador Luiz Fernando Ribeiro de Carvalho, e pela corregedora-geral da Justiça, desembargadora Maria Augusta Vaz Monteiro de Figueiredo.

 

O traje é dispensado no primeiro e segundo graus de jurisdição, para despachar, participar de audiências e sessões de julgamento, além do trânsito nas dependências do fórum. Os advogados deverão vestir  traje social, com a camisa devidamente fechada.

 

A medida atende a solicitação da Caixa de Assistência dos Advogados (Caarj) e da OAB/ RJ. No ano passado, a Presidência e a Corregedoria Geral da Justiça do TJRJ adotaram procedimento idêntico para os advogados.

 

Please reload

Destaques

I'm busy working on my blog posts. Watch this space!

Please reload

Recentes

21.09.2019

Please reload

Arquivo
Please reload

Busca por Tags